Última hora

Última hora

Expectativa no início do julgamento do Khmer Vermelho

Em leitura:

Expectativa no início do julgamento do Khmer Vermelho

Tamanho do texto Aa Aa

O julgamento da cúpula dirigente do Khmer Vermelho causa grande expectativa no Camboja.

Cerca de quinhentas pessoas, na maioria vítimas de torturas ou familiares dos que foram assassinados, assistiram ao início do processo na sala de visitas do tribunal.

A presidente da Associação de Vítimas do Khmer Vermelho, Theary Seng, pergunta “que direito tinham [os quatro acusados] de jogar tão facilmente com a vida alheia? Pensavam que eram deuses?”

Face à dimensão do massacre cometido pelo regime de Pol Pot, quase toda a população sente uma ligação direta com o processo em curso.

Um habitante da capital cambojana, Phnom Penh, frisa que “sente-se feliz de assistir a um julgamento do Khmer Vermelho”, porque os seus elementos mataram-lhe o pai, em frente dele e da mãe.

Até ao momento, o tribunal especial criado em 2005 condenou apenas Kaing Guek Eav, conhecido como “Duch”, o diretor do principal centro de tortura do Khmer Vermelho.