Última hora

Última hora

Remodelação governamental no Japão

Em leitura:

Remodelação governamental no Japão

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro japonês decidiu refrescar o governo,criando mais dois ministérios que se vão ocupar, exclusivamente, das matérias da região atingida pelo sismo de 11 de Março.

Mas Naoto Kan deixou no ar a possibilidade de uma renovação, para ceder o lugar aos mais novos:

“Eu já tinha dito que gostava de ceder o poder a alguém mais jovem, porque acho que cumpri as minhas responsabilidades. Para mim, essas responsabilidades eram a aprovação da segunda lei do orçamento,a aprovação do orçamento para o fomento da energia renovável e a lei do orçamento especial para a reconstrução”.

Ryu Matsumoto transita do ministério do Ambiente para o da Reconstrução do Nordeste.

Goshi Hosono, até agora conselheiro especial do Primeiro-Ministro, vai ocupar o Ministério da Crise Nuclear.

Ficará com todos os dossiês relativos à central nuclear de Fukushima.

O novo ministro do Ambiente é Satsuki Eda, até agora ministro da Justiça.

A ministra da Reforma Administrativa, única mulher no governo, passa para conselheira especial do Primeiro-Ministro.