Última hora

Última hora

Quarta-feira decisiva para a Grécia

Em leitura:

Quarta-feira decisiva para a Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

A votação é esta quarta-feira, mas, na rua, o orçamento suplementar de austeridade da Grécia já está chumbado.

Milhares de pessoas manifestaram-se, em estado de cólera, contra mais um pacote de austeridade, exigido por Bruxelas.

Sem austeridade, a União Europeia corta o financiamento, indispensável para evitar a bancarrota.

Houve confrontos entre manifestantes e a polícia, sobretudo, em frente do Parlamento.

A pressão política, foi constante. O prersidente do Conselho Europeu, o belga Herman Van Rompuy disse que as próximas horas serão decisivas, não só para a Grécia, mas para o mundo, a Europa e o Euro.

Christine Lagarde, acabada de ser eleita para a direcção do Fundo Monetário Internacional fez também um apelo a um “entendimento nacional”, para que o plano do governo socialista passe esta quarta-feira, no Parlamento.

A greve geral continua esta quarta-feira, estando anunciadas novas manifestações.

O dispositivo de segurança é enorme e a votação vai decorrer debaixo da escolta de quatro mil polícias.