Última hora

Última hora

Violência toma conta da praça Tahrir

Em leitura:

Violência toma conta da praça Tahrir

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de pessoas ficaram feridas durante violentos confrontos no centro do Egito.

Tudo começou na praça Tahrir durante uma homenagem às vítimas da revolução que, em fevereiro, levou à queda do presidente Hosni Mubarak.

Familiares dos mais de 800 egípcios mortos durante a revolta popular concentraram-se na praça da Libertação, mas aquela que pretendia ser uma cerimónia para lembrar as vítimas depressa se tornou numa batalha campal.

Testemunhas dizem que os confrontos com a polícia foram desencadeados por grupos de jovens armados que mais tarde chegaram ao local.

Há também quem garanta que tudo começou depois de a polícia ter impedido que alguns familiares das vítimas assistissem à cerimónia de homenagem.