Última hora

Última hora

O negócio em torno do casamento real monegasco

Em leitura:

O negócio em torno do casamento real monegasco

Tamanho do texto Aa Aa

Os casamentos reais geram sempre oportunidades de negócio. No Mónaco, o comércio oferece vários souvenirs aos 200 mil visitantes esperados para o enlace do prícipe Alberto e de Charlene Wittstock.

Foram criados diversos produtos, desde uma coleção de pratos até selos postais. Cinco selos vão ser vendidos a partir de sexta-feira. Resultam de cinco meses de trabalho e dos projetos de três artistas escolhidos pelo soberano.

“É verdade que sempre foram emitidos selos para os grandes eventos do Principado. O príncipe Alberto aprecia imenso os selos. É um dos poucos suportes, penso mesmo que o único, onde podemos ver as efígies de Charlene e do príncipe Alberto”, realçou Magali Vercesi da entidade emissora de selos postais.

Numa cervejaria do porto do Mónaco foi criada uma cerveja exclusiva para a ocasião. “Esta cerveja será rosa, pois para a produzir utilizei frutos vermelhos, neste caso airelas. Há três meses que trabalhamos nesta cerveja e fizemos testes, em pequena escala, para obter a receita final e foi escolhida esta cor para representar os monegascos. Vai estar disponível a partir de 1 de julho e não vai ser mais produzida depois dessa ocasião”, afirmou o produtor François Pichon.