Última hora

Última hora

Justiça americana levanta prisão domiciliária a DSK

Em leitura:

Justiça americana levanta prisão domiciliária a DSK

Tamanho do texto Aa Aa

Nos Estados Unidos, a justiça norte-americana levantou a prisão domiciliária sobre o antigo presidente do FMI, Dominique Strauss-Kahn.

No entanto, Strauss-Kahn terá que continuar nos Estados Unidos até à conclusão do processo.

A audiência teve lugar no Supremo Tribunal de Nova Iorque presidido pelo juíz federal, Michael Obus.

Dominique Strauss-Kahn receberá ainda a fiança de um milhão de dólares pagos na altura da transferência do estabelecimento prisional para prisão domiciliária.

A audiência desta sexta-feira teve lugar após revelações surgidas na imprensa norte-americana as quais colocam em dúvida a credibilidade da acusação.

Após a audiência, a equipa de advogados de Dominique Strauss-Kahn reafirmou a sua inocência e anunciou que iria continuar a trabalhar a fim de que sejam abandonadas as acusações de violação e agressão sexual que pendem sobre o antigo presidente do FMI.

A próxima audiência está marcada para o dia 18 ed Julho.