Última hora

Última hora

Polónia assume rédeas da UE

Em leitura:

Polónia assume rédeas da UE

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro polaco, Donald Tusk, recebeu a bandeira da União Europeia das mãos do homólogo húngaro, Viktor Orbán, que concluiu assim os seis meses de presidência do seu país.
 

Mas apesar dos sorrisos e ambiente de festa, as nuvens e a chuva que se fazia sentir no exterior do edifício onde decorreu a cerimónia em Varsóvia estavam mais de acordo com o cenário de crise que se faz sentir pela Europa.
 

Uma crise que Donald Tusk quer ver ultrapassada, segundo declarações efetuadas aos jornalistas.
 

Apesar da integração europeia da Polónia ser uma história de sucesso, nas ruas há também sinais de que nem todos estão contentes.
 

Subidas generalizadas dos preços levaram o sindicato Solidariedade a convocar manifestações esta semana.
 

Mesmo em pleno crescimento, muitos polacos desceram às ruas para fazerem ouvir as suas vozes exigindo aumentos salariais.
 

Donald Tusk exigiu ainda estar presente nas reuniões do Eurogrupo mesmo apesar do seu país ainda não integrar a moeda única. Anteriormente, a Polónia havia sido afastada dos encontros deste grupo.