Última hora

Última hora

Referendo em Marrocos aprova democracia "real"

Em leitura:

Referendo em Marrocos aprova democracia "real"

Tamanho do texto Aa Aa

O referendo à nova constituição marroquina transformou-se num voto de confiança ao rei Mohamed VI.

Segundo os resultados provisórios, 98,4% dos eleitores votaram a favor do texto, destinado antes de mais a travar a vaga de protestos em defesa de reformas democráticas no país.

Apesar do apelo ao boicote por parte do movimento de contestação, a participação ultrapassou os 70%. No entanto, quase metade dos 23 milhões de eleitores não se tinha registado para participar no escrutínio.

A oposição denunciou várias irregularidades nas assembleias de voto depois de uma campanha de apenas duas semanas marcada pelo apoio e financiamento das autoridades aos partidários do SIM.

O texto, apontado como uma transição para uma monarquia parlamentar, mantém no entanto a concentração dos poderes militar, religioso e judicial na figura do rei.