Última hora

Última hora

Abhisit Vejjajiva admite derrota

Em leitura:

Abhisit Vejjajiva admite derrota

Tamanho do texto Aa Aa

O atual primeiro-ministro tailandês, Abhisit Vejjajiva, admitiu a derrota. Dos 500 lugares no parlamento o Partido Democrata só poderá conseguir até 164.

Yingluck Shinawatra deverá conseguir a maioria absoluta, com 313 assentos.

Esta vitória pode significar o regresso de Taksin Shinawatra ao país. A grande vencedora das eleições, e irmã do antigo primeiro-ministro deposto por um golpe militar, em 2006, prometeu decretar uma amnistia para os políticos condenados.

Taksin Shinawatra, entrevistado no Dubai, diz que quer regressar mas afirma que vai esperar pelo momento certo para fazê-lo.

Abhisit Vejjajiva é o grande derrotado num escrutínio ao qual se apresentaram 3.800 candidatos de 42 partidos.

Ao final da manhã, com 67 por cento dos votos contados, a comissão eleitoral tailandesa atribuía já ao partido de Shinawatra 254 lugares parlamentares.

42 milhões de tailandeses foram chamados às urnas e quase 200 mil militares foram mobilizados para prevenir confrontos entre os partidários de Shinawatra, e os apoiantes do atual governo.