Última hora

Última hora

Irão: sanções afetam economia

Em leitura:

Irão: sanções afetam economia

Tamanho do texto Aa Aa

Sanções decretadas há um ano contra o Irão começam a surtir efeito.

Os setores petrolífero e bancário são os mais afetados.

As consequências são potencialmente graves dado que 80% das receitas em divisas do país dependem da indústria petrolífera.

Segundo Teerão os fornecimentos de petróleo à Índia não vão ser interrompidos mesmo se a dívida já ultrapassa os dois mil milhões de dólares.

Os problemas poderão estender-se ainda ao setor alimentar. A maior empresa mundial de transportes marítimos anunciou no final de junho a suspensão das operações no Irão. O anúncio poderá interromper o fluxo de alimentos que chegam ao país, em particular provenientes da Ásia.

Ao nível do Conselho de Segurança da ONU, vários países já pediram a publicação de um relatório sobre as sanções contra o Irão, publicação que está a ser impedida pela Rússia. O relatório conteria informações sobre alegadas violações às sanções impostas.

Na base do processo está o programa nuclear iraniano assim como a venda de armas a vários países. O governo afirma que mesmo apesar das sanções, os programas de defesa vão continuar.