Última hora

Última hora

Itália: protestos contra linha de alta velocidade

Em leitura:

Itália: protestos contra linha de alta velocidade

Tamanho do texto Aa Aa

No norte de Itália milhares de pessoas participaram num protesto contra a construção de uma linha de alta velocidade para comboios.

Os manifestantes envolveram-se em confrontos com as forças da ordem no vale de Susa, próximo à cidade de Turim. Segundo fontes oficiais italianas, os confrontos resultaram em pelo menos 188 feridos do lado das forças da ordem.

Em causa está a construção de um túnel nos Alpes italianos ligando a cidade francesa de Lyon à cidade de Turim em Itália.

O projeto remonta a 2001 tendo sido orçamentado em 15 mil milhões de euros distribuidos entre os governos francês e italiano contando ainda com apoios europeus.

“Dizer não a este projeto não é uma questão de preconceito mas sim uma apreciação feita ao longo de vários anos. Se analisarmos os custos e benefícios, então torna-se evidente que neste preciso momento é totalmente inútil”, afirma uma manifestante.

Muitos manifestantes e opositores à linha de alta velocidade alegam razões ambientais e de saúde para se oporem à realização deste projeto.

Ainda esta semana, opositores da linha envolveram-se em confrontos com a polícia quando tentaram impedir o início dos trabalhos de perfuração de um novo túnel na montanha.