Última hora

Última hora

Shinawatra uma vitória anunciada

Em leitura:

Shinawatra uma vitória anunciada

Tamanho do texto Aa Aa

Na Tailândia as sondagens à boca da urna dão a vitória a Yingluck Shinawatra.

Segundo as projeções, a irmã do antigo primeiro-ministro tailandês consegue 313 dos 500 lugares no parlamento.

O ato eleitoral, que acontece num período de crise profunda, tem sido marcado por polémica. Yingluck Shinawatra, que era já a candidata favorita, tinha prometido decretar uma amnistia para os políticos condenados. Uma decisão que permite o regresso do irmão, Taksin Shinawatra, o líder do executivo deposto por um golpe militar em 2006.

A confirmarem-se os resultados, o grande derrotado é Abhisit Vejjajiva, líder do Partido Democrata e atual primeiro-ministro interino.

42 milhões de tailandeses votam para eleger os representantes do parlamento. Apresentaram-se a este escrutínio 3.800 candidatos de 42 partidos.

Quase 200 mil militares foram mobilizados para prevenir confrontos entre os chamados camisas vermelhas, partidários de Shinawatra, e os camisas amarelas, apoiantes do atual governo.

Na primavera de 2010, a violência provocou mais de 90 mortos e de 1900 feridos durante os protestos.