Última hora

Última hora

Prisão para manifestantes bielorrussos

Em leitura:

Prisão para manifestantes bielorrussos

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 70 dos detidos no chamado protesto silencioso em Minsk no domingo já compareceram perante um juiz.

Muitos foram sentenciados sumariamente a vários dias de prisão, 15 no máximo, pelo menos de acordo com associações dos direitos humanos.

Fontes não oficiais falam em entre 160 e 400 detidos num protesto em que a única ação terá consistido em bater palmas, como sinal de descontentamento pelo dizem ser a falta de liberdade, de democracia.

A manifestação foi convocada em sítios sociais da internet para o dia em que a Bielorrússia celebrava o dia da independência. O presidente Alexander Lukashenko, no poder desde 1994 e que já foi considerado o último ditador da Europa, declarou que via os protestos como uma tentativa de golpe de Estado que seria esmagada.

A Bielorrússia enfrenta atualmente uma grave crise económica.