Última hora

Última hora

UE quer progresso rápido entre Kosovo e Sérvia

Em leitura:

UE quer progresso rápido entre Kosovo e Sérvia

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar da resistência da Sérvia em reconhecer o Kosovo como nação independente, o caminho está a ser desbravado com vista ao respeito mútuo e a integração europeia. No sábado foram assinados importantes acordos e esta segunda-feira o primeiro-ministro kosovar Hashim Thaçi reuniu-se com a chefe da diplomacia europeia.

“Acredito que o futuro da Sérvia e do Kosovo está na União Europeia. É preciso avançar nos bons enquadramentos e caminhos. Muito trabalho é ainda necessário, como sabem, sobre legislação e trabalho técnico. E Nós encorajamos a sérvia e o Kosovo a avançar”, declarou Catherine Ashton em conferência de imprensa em Bruxelas.

Belgrado sempre recusou aceitar a independência daquela que considera ser a província berço da nação sérvia. Entre outros aspetos, os acordos de sábado estabelecem o principio de reconhecimento de bilhetes de identidade e diplomas académicos, o que, além de abrir caminho a um reconhecimento oficial do estado do Kosovo, acaba por facilitar a circulação fronteiriça e o acesso ao mercado de trabalho.