Última hora

Última hora

Forças de Bashar al-Assad tentam silenciar protestos na terra da contestação

Em leitura:

Forças de Bashar al-Assad tentam silenciar protestos na terra da contestação

Tamanho do texto Aa Aa

As tropas sírias entraram em Hama para conter os protestos contra o presidente Bashar al-Assad.

Testemunhas garantem que as forças fiéis ao regime estão abrir fogo em zonas residenciais.

Na sexta-feira, a cidade situada no oeste da Síria foi palco de uma das maiores manifestações antigovernamentais de sempre. Cerca de 150 mil pessoas saíram à rua em sinal de protesto. Pelo menos 16 terão sido mortas pelas forças de segurança.

Um dia depois, Bashar al-Assad demitiu o governador da cidade por ter permitido a manifestação. Uma decisão que originou mais protestos por parte da população.

Hama também conhecida como a terra da contestação foi há 29 anos, palco de uma das maiores repressões da história do país.

Durante as manifestações da Irmandade Muçulmana contra o então presidente, pai do atual chefe de Estado, cerca de 20 mil pessoas foram mortas pelo exército.