Última hora

Última hora

Lagarde assume hoje direção do FMI

Em leitura:

Lagarde assume hoje direção do FMI

Tamanho do texto Aa Aa

Às nove horas da manhã em Washington, 14horas – hora de Lisboa – a francesa Christine Lagarde entra pela primeira-vez na sede do FMI como diretora geral.

É a primeira mulher a ocupar o cargo desde o nascimento do FMI, em 1944 e substitui Dominique Strauss-Kahn, que enfrenta a justiça americana sob a acusação de abuso sexual contra uma empregada de quarto, num hotel de Nova Iorque.

A ex-ministra francesa das Finanças toma posse depois de ter sido aprovada por consenso entre os 24 membros da direção do Fundo Monetário Internacional (FMI).

A escolha de Lagarde era esperada e mantém a tradição de colocar na direção do FMI um europeu, enquanto os americanos guardam a direção do Banco Mundial.

Esta advogada de formação, que prestou provas nas finanças, não vai ter tempo para se instalar. Chega num contexto económico difícil com uma prioridade chamada Grécia. Nos próximos dias o FMI vai ter que desbloquear a quinta fatia dos 30 mil milhões de euros do empréstimo acordado; depois será preciso encontrar forma de continuar a financiar um estado que, manifestamente, não está em condições de voltar aos mercados da dívida.