Última hora

Última hora

Bruxelas embarga sementes do Egito ligadas ao surto de E.Coli

Em leitura:

Bruxelas embarga sementes do Egito ligadas ao surto de E.Coli

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia decidiu retirar do mercado e interromper a importação de rebentos e sementes de feno-grego proveniente do Egito.

A decisão foi tomada depois da Agência Europeia de Segurança Alimentar ter apontado a “ligação provável” entre um lote destas sementes e os surtos da bactéria E.Coli na Alemanha e em França.

O comissário europeu para a Saúde explica que “está a ser feito um trabalho intenso e investigações para apurar para onde foram distribuídas as sementes em causa e por que razão um lote específico estava infetado”. John Dalli acrescenta que “será enviada uma equipa de peritos ao Egito para investigar em profundidade a origem” da questão.

A estirpe particularmente perigosa da batéria E.Coli entero-hemorrágica foi detetada num lote de 15 toneladas importado do Egito para a Alemanha em 2009.

A contaminação fez 48 mortos na Alemanha e um na Suécia. Depois do surto em território germânico, foi detetado um novo foco na cidade de Bordéus, em França, onde uma dezena de pessoas continuam hospitalizadas. Ao todo, foram identificados mais de 4 mil casos na Europa.