Última hora

Última hora

Geórgia: Quatro fotógrafos acusados de espionagem

Em leitura:

Geórgia: Quatro fotógrafos acusados de espionagem

Tamanho do texto Aa Aa

Em Tbilissi, na Geórgia, algumas dezenas de jornalistas protestaram em frente do ministério do Interior contra a prisão de quatro fotógrafos acusados de espionagem.

Os serviços de contraespionagem georgianos detiveram, durante a noite de quarta-feira, quatro fotógrafos, entre os quais o fotógrafo pessoal do presidente Mikhail Saakachvili.

Agentes da contraespionagem fizeram buscas durante a noite nas casas dos detidos, tendo apreendido máquinas fotográficas e computadores.

“Tanto quanto sabemos e pelo que fomos informados, este caso é tido como “secreto” e como tal, o direito de informar o público do que se passa, não é aplicável”, disse o advogado do fotógrafo de Saakachvili.

A polícia tinha detido também um fotógrafo da Associated Press, mas acabou por o libertar depois de um interrogatório.

No dia 6, um Tribunal de Batumi, a segunda maior cidade do país, condenou a pesadas penas de prisão quatro cidadãos russos e cinco georgianos por espionagem a favor da Rússia.