Última hora

Última hora

Itália: Berlusconi não se candidatará às legislativas de 2013

Em leitura:

Itália: Berlusconi não se candidatará às legislativas de 2013

Tamanho do texto Aa Aa

Silvio Berlusconi, revelou hoje que não se candidatará às legislativas de 2013.

Num congresso do seu partido realizado a 1 de julho, Berlusconi nomeou Angelino Alfano, antigo ministro da Justiça, para tomar as rédeas do partido Povo da Liberdade, PDL.

A razão invocada para não se candidatar foi a idade, terá 77 anos em 2013, mas no início de junho enfraquecido por uma esmagadora derrota nas autárquicas deu sinais que o comando do partido passaria para Alfano.

Desde que entrou na política em 1994, esta foi a primeira vez que Berlusconi nomeou um secretário nacional para a liderança do partido do qual era o chefe de fila.

Silvio Berlusconi assegurou que também não tenciona candidatar-se à presidência e que vê naquele cargo Gianni Letta, que classificou de “trabalhador infatigável”.

Entretanto, Giulio Tremonti, que muitos esperavam ver no lugar de Berlusconi, foi duramente criticado pelo primeiro-ministro italiano, por ter adotado um severo programa de austeridade para o país.

As reações não se fizeram esperar:
“Outra vez?! Chega, Chega! Ainda acreditam nas mentiras desse homem? Ele não se vai embora sem resolver os seus problemas financeiros e judiciais”, desabafou uma cidadã.

“Seguindo o raciocínio dele – que se deve estar pouco tempo na política e que dela não se deve fazer profissão – os 20 anos que teve foi um tempo razoável para mostrar do que era capaz”, disse outro italiano.

Ninguém fica indiferente a Silvio Berlusconi.