Última hora

Última hora

Lista negra impede viagem a Israel

Em leitura:

Lista negra impede viagem a Israel

Tamanho do texto Aa Aa

Israel pediu, as companhias aéreas cumpriram. A indignação de várias dezenas de passageiros no aeroporto parisiense de Roissi era a face mais visível da lista negra emitida pelas autoridades israelitas. Israel preveniu-se depois de associações de palestinianos terem convocado uma manifestação no aeroporto de Ben Gourion para esta sexta-feira.

“Sem qualquer razão válida fomos impedidos de embarcar porque parece que as autoridades israelitas entregaram uma lista às companhias aérea – uma lista totalmente arbitrária – e as pessoas nessa lista estão proibidas de embarcar”, referiu uma passageira.

A lista negra foi também divulgada a companhias aéreas no aeroporto de Bruxelas, como a Swiss Air. Vários passageiros barrados na porta de “check in”. A indignação estalou.

Nadine representa a organização “Missão Bem-vindo à palestina”. “Os Israelitas também estão a manifestar-se em Telavive para deixar os europeus entrar. Porque não nos querem lá? Nós atingimos o nosso objetivo de mostrar que toda a palestina está sob um bloqueio, não só Gaza”, referiu a ativista.

No aeroporto de Telavive a polícia reforçou a segurança face ao receio de distúrbios e deportou mesmo dois norte-americanos oriundos da Grécia.