Última hora

Última hora

Mercado de trabalho norte-americano estagna

Em leitura:

Mercado de trabalho norte-americano estagna

Tamanho do texto Aa Aa

As notícias que chegam do mercado de trabalho norte-americano são piores do que se esperava.

A maior economia do mundo criou apenas 18 mil empregos em Junho. As autoridades reviram em baixa os dados do mês de maio. Em vez dos 54 mil postos de trabalho anunciados no mês passado, a economia norte-americana criou apenas 25 mil.

O desemprego aumenta de forma contínua desde março mas os analistas mantêm a esperança de uma melhoria da economia no segundo semestre de 2011.

“Parece que vamos ter dois trimestres consecutivos com um crescimento do PIB inferior a 2% mas penso que as condições estão reunidas para um crescimento mais rápido na segunda metade do ano”, considera David Resler, analista da Nomura Securities International.

O desemprego é um dos maiores quebra-cabeças para o governo de Barack Obama. As empresas reduzem os custos do trabalho, face aos receios de que os gastos dos consumidores continuem a abrandar, numa altura em que as famílias se debatem com elevadas despesas na alimentação e nos combustíveis.