Última hora

Última hora

Polónia quer uma UE mais solidária e mais forte

Em leitura:

Polónia quer uma UE mais solidária e mais forte

Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia defende uma UE com maior integração e dá uma lição de solidariedade no Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

O primeiro-ministro polaco, cujo país assumiu há uma semana a presidência rotativa da UE apelou a uma Europa mais forte e solidária para resolver a crise. O país, dirigido pelo primeiro-ministro Donald Tusk, centrista e adepto do liberalismo económico, é o único estado-membro que escapou à recessão em 2009 e que prevê crescer 4%.

Para o executivo de Varsóvia a grande prioridade para o segundo semestre de 2011 é a economia.