Última hora

Última hora

Egípcios regressam às ruas

Em leitura:

Egípcios regressam às ruas

Tamanho do texto Aa Aa

É um sentimento de frustração o que se vive no Egito.

Mais uma vez, dezenas de milhares de pessoas manifestaram-se no Cairo para exigir mais rapidez nas reformas e nos processos contra as autoridades do regime de Mubarak.

Seis meses depois do ex-ditador abandonar o poder muitos egípcios sentem que pouca coisa mudou e que há reformas que precisam de ser feitas no imediato.

“Não sentimos que haja mudanças, viemos para aqui a 28 de janeiro saímos a 11 de fevereiro na expectativa de que o país ia mudar. Precisamos de credibilidade, precisamos de sentir que o país está a começar a mudar. As coisas estão na mesma e as pessoas que estão a governar o país são iguais”, explica um dos manifestantes.

A decisão de libertar sete polícias acusados da morte de 17 manifestantes é apontada como outra das causas dos novos protestos.