Última hora

Última hora

Murdoch embaraça governo de Cameron

Em leitura:

Murdoch embaraça governo de Cameron

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo britânico está a tremer com o escândalo provocado pelas empresas de Rupert Murdoch que agora pretende comprar o grupo proprietário da estação de televisão Sky News.

O governo já remeteu o caso para análise da Autoridade para a Concorrência.

Os parceiros de coligação, os liderais de Nick Clegg aumentam distâncias e a oposição trabalhista está a explorar o assunto. Edward Miliban pede a Murdoch que deixe cair o negócio:

“A primeira coisa que eu queria dizer ao senhor Murdoch é que deixe cair a compra do BSkyB. É a coisa mais importante que ele pode fazer. Ele devia reconhecer que o que se diz da Internacional News, é absolutamente insustentável, para que esta oferta de compra vá em frente”.

Murdoch, proprietário do jornal “News of The World” envolvido num escândalo de escutas telefónicas, está a ser acusado de tentar conquistar, com a compra do grupo BSkyB, uma posição dominante de mercado.

Ele nega e garante que vai separar a Sky News do resto do grupo, se o negócio se concretizar.

David Cameron está embaraçado:

“Se eu dirigisse agora estas companhias, o BSkyB e a News Corporation, ficaria centrado no esclarecimento da confusão que há na International News, com todos os problemas que isso implica. Tratava disso, antes de tratar de qualquer fusão ou aquisição maioritária ou de quantas quotas ficaria para cada um”.

Além de um negócio controverso, Rupert Murdoch está envolto no escandalo das escutas telefónicas. Entre as vítimas, contam-se o antigo primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, a até a família real.

E David Cameron tem uma pedra no sapato. Um dos seus assessores de imprensa trabalhava para Murdoch e tem responsabilidades neste escândalo.