Última hora

Última hora

Chile: confrontos em protesto de apoio a greve no número um mundial do cobre

Em leitura:

Chile: confrontos em protesto de apoio a greve no número um mundial do cobre

Tamanho do texto Aa Aa

Em Santiago do Chile, uma manifestação de apoio à greve de funcionários do maior produtor mundial de cobre degenerou em confrontos com as autoridades.

Os incidentes no centro da capital chilena ilustram a crescente tensão entre o governo e os trabalhadores da Codelco sobre o futuro da empresa.

Segundo os sindicatos, 45 mil funcionários aderiram esta segunda-feira à greve convocada pela Federação de Trabalhadores de Cobre, a primeira em 18 anos, que paralisou a atividade da Codelco.

Os trabalhadores veem o plano de modernização da empresa como o início de um processo de privatização, apesar do governo chileno garantir que “não há nenhuma intenção” nesse sentido.