Última hora

Última hora

Luto nacional na Rússia

Em leitura:

Luto nacional na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Bandeiras a meia haste em todo o país. A Rússia marca um dia de luto nacional em memória das vítimas do naufrágio no rio Volga.

As equipas de resgate conseguiram já recuperar mais de 60 corpos dos escombros do navio. O número total de mortos deverá rondar os 130.

O barco de cruzeiro jaz a 20 metros de profundidade, quebrado em quatro partes, desde que se afundou no domingo passado com 208 pessoas a bordo.

Uma embarcação que passava nas proximidades conseguiu salvar 80 pessoas. Os sobreviventes queixam-se de falta de ajuda. Testemunhas contam que vários barcos passaram sem prestar atenção aos pedidos de socorro e nem a tripulação lhes prestou auxílio:

“Quando o barco estava a afundar-se, a tripulação não estava lá. Estavam a tentar salvar-se a si próprios. Morreu muita gente. Estavam ali todos os nossos amigos e colegas de trabalho. Ainda esperamos que a nossa filha tenha sobrevivido, que haja uma bolha de ar dentro do navio, ainda acreditamos”.

Uma comissão de inquérito investiga as condições em que a tragédia terá ocorrido. O barco tinha mais de 50 anos, estava superlotado, não tinha licença para transportar passageiros e tinha problemas no motor esquerdo quando deixou o porto de Kazan.