Última hora

Última hora

Zona Euro promete medidas para conter contágio da crise da dívida

Em leitura:

Zona Euro promete medidas para conter contágio da crise da dívida

Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros das Finanças da Zona Euro prometem empréstimos alargados e com taxas de juro reduzidas, bem como um fundo de resgate mais flexível. Os responsáveis europeus participaram numa longa reunião em Bruxelas destinada a responder aos receios de contágio da crise da dívida à Itália e a Espanha.

Para tentar acalmar os mercados, o encontro terminou com um acordo de princípios, com a promessa de passar “muito em breve” à realidade.

O comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros, Olli Rehn, diz que “as medidas avançadas reforçam a resposta coletiva à crise, incluindo a decisão de melhorar a flexibilidade e alcance do mecanismo europeu de estabilidade financeira”.

Apesar do debate estar centrado na Grécia, Portugal pode ser um dos beneficiários das novas medidas. A ministra espanhola das Finanças lembrou que foi tomada uma abordagem “sistémica”.

Elena Salgado acredita que foi enviado “um bom sinal, em todos os aspetos, sobretudo no que diz respeito à flexibilidade do mecanismo e ao reconhecimento de tudo o que a Grécia já conseguir fazer”.

O correspondente da euronews, Paul Hackett, sublinha que “apesar das agitações nos mercados acerca da Itália, os ministros europeus estão determinados a combater as especulações de que a terceira maior economia da Zona Euro está ameaçada. O que será motivo de preocupação é a natureza cada vez mais imprevisível da crise da dívida, bem como saber quando e onde chegará ao fim”.