Última hora

Última hora

Mario Draghi: "Crise da dívida entrou numa nova fase"

Em leitura:

Mario Draghi: "Crise da dívida entrou numa nova fase"

Tamanho do texto Aa Aa

A crise da dívida europeia entrou numa nova fase e os decisores devem encontrar uma resposta clara para travar o contágio que ameaça a zona euro. As palavras são de Mario Draghi, futuro presidente do Banco Central Europeu e atual Governador do Banco de Itália, um dos países ameaçados.

Draghi salientou a importância do pacote de austeridade que, o Governo italiano garante, será aprovado até sexta-feira. “A incerteza em relação às perspetivas das finanças públicas italianas contribuiu para o stress dos últimos dias que envolveu as obrigações do Governo. As medidas financeiras do Governo são um passo importante no caminho para a recuperação das contas públicas”, afirmou.

A agência Moody’s cortou, na terça-feira, o rating da Irlanda para o nível de lixo. O ministro irlandês para as Empresas, Emprego e Inovação diz que o país tem de se concentrar nas reformas estruturais. “Num mercado incerto, as agências de notação tomam decisões como esta. Temos de continuar a resolver os problemas estruturais na nossa economia e é assim que vamos regressar aos mercados”, disse Richard Bruton.

A Fitch cortou o rating da Grécia em três níveis para CCC, ou seja a um nível do incumprimento. A agência diz que a nota reflete a ausência de um novo programa da União Europeia e do FMI, plenamente financiado e credível.