Última hora

Última hora

Obama quer consenso sobre dívida norte-americana

Em leitura:

Obama quer consenso sobre dívida norte-americana

Tamanho do texto Aa Aa

No congresso americano trava-se uma batalha contra o tempo para encontrar soluções para o aumento do limite de endividamento. Apesar da urgência, democratas e republicanos não se entendem sobre um plano que permita evitar o incumprimento da maior economia do mundo perante credores, ou seja, até 2 de agosto.

Barack Obama fez um apelo ao consenso. “Penso ser importante para o povo americano que todos ponham a política de lado, que todos coloquem os interesses individuais de lado para que possamos avançar. Eu já tirei algum fervor ao meu partido para estarem abertos a compromissos. A minha esperança e expectativa é de que nos próximos dias teremos um compromisso”, disse Obama.

Obama quer levantar o teto da dívida e ao mesmo tempo baixar o défice, nomeadamente através do fim dos benefícios fiscais aos mais ricos, dados pela administração Bush.

A proximidade das eleições presidenciais de 2012 está a aumentar rivalidades entre democratas e republicanos. O prolongamento das negociações levou a Moody’s a ameaçar baixar a classificação da dívida norte-americana.