Última hora

Última hora

Putin vê recusado prémio Quadriga

Em leitura:

Putin vê recusado prémio Quadriga

Tamanho do texto Aa Aa

A polémica do prémio Quadriga não abala a relação entre Berlim e Moscovo, diz o governo russo.

Os organizadores desistiram de premiar o ex-presidente e atual primeiro-ministro, Vladimir Putin depois de fortes críticas e manifestações vindas de organizações de direitos humanos.

O Prémio Quadriga, batizado em homenagem à estátua localizada no alto do Portão de Brandemburgo, em Berlim, é dado anualmente no aniversário da reunificação alemã a personalidades que agiram a favor dos direitos e das liberdades do homem.

Em Moscovo a reacção da população é de desagrado: “ Existe a ideia de que Putin representa uma Rússia que não merece esse tipo de prémio porque há muitos problemas na Rússia, mas eu creio que essa não é a razão. Existem problemas em muitos outros países, há problemas na Alemanha, nos Estados Unidos, por isso essas razões não me convencem”.

“Eu acredito que Putin fez mutio por este país mas penso que os direitos humanos são violados e as autoridades não prestam muita atenção a isso”.

A comissão decidiu que não haverá prémio este ano.

Putin seria reconhecido, segundo os organizadores, pelo ‘serviço para a confiança e a estabilidade da relação russo-alemã’.