Última hora

Última hora

"Rolam cabeças" na polícia de Londres

Em leitura:

"Rolam cabeças" na polícia de Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Comando da polícia de Londres entrou em queda livre.

O sub-comiisário chefe daquela estrutura demitiu-se, esta segunda-feira, na consequência do escândalo das escutas telefónicas do tabloide, “News of the World”.

A demissão de John Yates aconteceu horas depois de o seu superior imediato ter feito o mesmo.

Na noite de domingo, foi Paul Stephenson quem bateu com a porta.

John Yates já tinha deposto perqante a Comissão Parlamentar de Inquérito, na semana passada. Mas o seu depoimento não foi considerado convincente, pelos deputados e pelos jornais britânicos.

Esta segunda demissão apanhou o Primeiro-Ministro de surpresa. David Cameron está na África do Sul e já hoje tinha assegurado que o serviço de polícia e as investigações estavam garantidas.

“Sobretudo, o que eu diria e que mais importa, é que nós assugurámos a continuidade do serviço policial metropolitano, muito rapidamente. Por isso, não vai faltar nada à continuação destas investigações vitais, para sabermos o que aconteceu nesses media, e também o que aconteceu no serviço de polícia”.

A Comissão de Inquérito Parlamentar vai entretanto ouvir Rupert Murdoch e o seu filho, James, principal responsável pelo grupo na Grã Bretanha.

Mas também Rebekah Brooks, até há pouco, a executiva de confiança de Murdoch.

Cameron seguirá da África do Sul para a Nigéria, regressando depois a Londres, a tempo de comparecer, na quarta-feira, no Parlamento.