Última hora

Última hora

Camille Strauss-Kahn ouvida no "caso Banon"

Em leitura:

Camille Strauss-Kahn ouvida no "caso Banon"

Tamanho do texto Aa Aa

A filha de Dominique Strauss-Kahn, Camille, foi ouvida pela polícia francesa no processo por tentativa de violação aberto pela jornalista Tristane Banon.

Camille foi uma amiga próxima de Tristane, que lhe terá contado, na altura, tudo o que se passou. As duas jovens cortaram relações desde essa altura. A mãe de Camille, ex-mulher de Strauss-Kahn, é madrinha de Tristane Banon.

Quem também vai ser ouvido neste caso é o candidato à investidura socialista às eleições presidenciais, François Hollande.

A polícia quer saber até que ponto Hollande estava ao corrente sobre a alegada tentativa de violação, que aconteceu em 2003, já que a mãe de Banon, Anne Mansouret, diz ter contado, na altura, o caso a Hollande.

Mansouret, antiga funcionária do Partido Socialista, trouxe elementos novos à investigação ao dizer que ela própria teve também relações sexuais com Strauss-Kahn. Diz que a relãção foi consentida, mas violenta.