Última hora

Última hora

Escutas telefónicas ilegais: A voz dos cidadãos.

Em leitura:

Escutas telefónicas ilegais: A voz dos cidadãos.

Tamanho do texto Aa Aa

Com o escândalo das escutas telefónicas em desenvolvimento, a polícia e os políticos continuam a revelar-se.

As pessoas nas ruas de Londres querem que os envolvidos assumam a responsabilidade das suas ações.

Um residente questionado considera que o mesmo deveria acontecer a David Cameron, mas não acredita que aconteça porque, obviamente, ele é o primeiro-ministro, vai fugir do assunto, mas os outros, vão ter que enfrentar as consequências.

Outra pessoa considera horrível alguém intrometer-se na vida pessoal de outros, porque ninguém tem nada a ver com a vida dos outros e que tal deve ser impedido de acontecer novamente.

Uma terceira pessoa acha que é necessário que os envolvidos pratiquem o que apregoam.

Devem olhar profundamente para os seus atos e clarificá-los completamente.

Uma última testemunha refere que as pessoas têm uma ideia muito geral do que está a acontecer, mas não sabem o quão longe este caso pode ir e que devem considerar as graves consequências, não apenas para o Jornal, mas abrir uma ampla investigação sobre as práticas de outros.

Aguardemos pois as cenas dos próximos capítulos.