Última hora

Última hora

Reino Unido: O fim de um paradigma dos media

Em leitura:

Reino Unido: O fim de um paradigma dos media

Tamanho do texto Aa Aa

No final da audiência de Murdoch perante a comissão parlamentar, as opiniões vão todas no mesmo sentido. A News Corps perde o seu estatuto. É o fim de uma era nos media britânicos.

“Se ele não sabia, é um incompetente; se sabia, é um mentiroso. Em qualquer dos casos, não penso que seja uma pessoa na qual os investidores devam confiar. E espero que os investidores comecem a dizer vamos fragmentar esta companhia” diz o deputado trabalhista, Chris Bryant.

“Ha uma grande questão que é de saber atá que ponto será legitimo que a News International continue a ser o maior grupo de media no país e penso que há ainda muita coisa a ser investigada pela polícia: não apenas sobre o império Murdoch, que poderá entrar em declínio em termos de influência, mas sobre outras grandes empresas de media que também tiveram comportamentos ilegais durante vários anos,” afirma o liberal democrata, Simon Hughes

Para o biógrafo de Murdoch, Christopher Hird:

“o que vimos nesta audiência é que o imperador está provavelmente nos seus últimos dias”.

O jornalista da euronews em Londres, Ali Sheikholeslami, fez a mesma constatação: “No final da audiência parlamentar ficou claro que a imagem temerária do império Murdoch poderá ter desaparecido para sempre e o News Corporation pode se um grupo em transição.”.