Última hora

Última hora

Haia aguarda a chegada de Goran Hadzic

Em leitura:

Haia aguarda a chegada de Goran Hadzic

Tamanho do texto Aa Aa

Goran Hadzic, terá passado grande parte do tempo que esteve em fuga na Rússia.

A notícia avançada por dois jornais sérvios refere também que Hadzic terá mesmo lá trabalhado sob uma falsa identidade.

“Bem, eu acho que ele defendeu a nação. Dizem que não matou ninguém. A responsabilidade é individual. Um criminoso tem nome e apelido. Não acredito que tenha morto ou mandado matar alguém”, disse um sérvio.

“Honestamente, não quero saber. Foi há muito tempo. Vimos de tudo por isso não há reações”, afirmou um outro.

Detido quarta-feira na região de Fruska Gora, cerca de 80 quilómetros a noroeste de Belgrado, Goran Hadzic foi presente ao tribunal especial para os crimes de guerra de Belgrado.

A transferência para Haia será efetuada a partir de sexta-feira. Aí vai responder perante o Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia por crimes contra a humanidade e crimes de guerra cometidos durante a guerra da Croácia entre 1991 e 1995.

Segundo a lei sérvia, antes de ser transferido para Haia, Hadzic pode reunir-se com a família.