Última hora

Última hora

Japão: Prisão perpétua para assassino

Em leitura:

Japão: Prisão perpétua para assassino

Tamanho do texto Aa Aa

No Japão, um tribunal proferiu a sentença de prisão perpétua para Tatsuya Ichihara pela morte de Lindsay Ann Hawker, uma professora de inglês
 
A sentença ocorreu em Chiba, localizada nos arredores de Tóquio.
 
O veredicto foi na linha do que tinha sido já pedido pelo Ministério Público, quando o julgamento terminou a 12 de julho.
 
Ichihashi, agora detido, conseguiu escapar à polícia durante mais de dois anos.
 
Trabalhou, como residente, numa empresa de construção civil e chegou mesmo a fazer uma cirurgia plástica para esconder a identidade durante o tempo de fuga. Mas uma visita a um cirurgião plástico levou à sua captura após o médico contactar a polícia.
 
Ichihashi foi finalmente preso no centro de Japão em 10 de novembro de 2009, enquanto esperava para embarcar em um ferry com destino a Okinawa.