Última hora

Última hora

Noruega: autor do duplo ataque é "fundamentalista cristão"

Em leitura:

Noruega: autor do duplo ataque é "fundamentalista cristão"

Tamanho do texto Aa Aa

Os dois ataques na Noruega terão sido perpetrados pelo mesmo homem.

Essa é pelo menos a convicção da polícia.

O principal suspeito é um norueguês de 32 anos descrito como um fundamentalista cristão ligado a grupos de extrema-direita.

Os dois ataques, um em Oslo e outro na ilha de Utoeya provocaram de acordo com o último balanço 91 mortos.

À explosão de uma bomba junto ao gabinete do primeiro-ministro, em Oslo, seguiu-se um tiroteio no encontro de jovens trabalhistas a poucos quilómetros da capital. Só aqui foram mortas mais de 80 pessoas.

O presumível autor dos ataques foi detido na última noite, mas a polícia recusa avançar com o nome do suspeito, entretanto, identificado pela comunicação social do país.

No perfil do Facebook, afirma ser um homem conservador, solteiro, cristão e que gosta de caça.

Um relatório dos serviços de segurança noruegueses, entretanto, tornado público revela que as atividades de grupos de extrema-direita não eram consideradas uma ameaça para o país.

Cerca de um milhar de portugueses vive na Noruega. A embaixada de Portugal em Oslo não tem, até ao momento, registo de vítimas estrangeiras.