Última hora

Última hora

Noruega: polícia diz que atirador foi detido uma hora depois do primeiro alerta em Utoeya

Em leitura:

Noruega: polícia diz que atirador foi detido uma hora depois do primeiro alerta em Utoeya

Tamanho do texto Aa Aa

Uma série de circunstâncias atrasou a intervenção policial na ilha de Utoeya. As autoridades norueguesas responderam este domingo às críticas que apontam para a lentidão na resposta ao massacre perpetrado por um atirador solitário.

Numa conferência de imprensa em Oslo, um responsável da Polícia explicou que o atacante “tinha ainda uma quantidade significativa de munição” quando foi detido.

Johan Fredriksen sublinhou que as autoridades receberam o primeiro alerta “às 17 horas e 27 minutos” de sexta-feira. “A unidade antiterrorista [da Polícia] chegou à ilha às 18 horas e 25 minutos e o suspeito foi detido” dois minutos depois.

Um defeito num barco impediu uma primeira unidade de polícia de se deslocar à ilha.

Foi depois decidido o envio de uma equipa especial, desde Oslo – a 45 quilómetros de distância -, que cumpriu o trajecto por estrada, já que o único helicóptero disponível estava estacionado noutra base.