Última hora

Em leitura:

Noruega: seis adolescentes continuam desaparecidos


Noruega

Noruega: seis adolescentes continuam desaparecidos

A Noruega presta homenagem às vítimas do duplo ataque desta sexta-feira.
 
Para hoje está prevista uma cerimónia religiosa na catedral de Oslo, a poucos metros do alvo do primeiro atentado.
 
92 pessoas morreram, dezenas continuam hospitalizadas, muitas em estado grave.
 
O autor confesso dos ataques – um fundamentalista cristão norueguês – diz que se tratou de “uma atrocidade necessária.”
 
Na ilha, a cerca de 40 quilómetros de Oslo prosseguem as buscas para encontrar os seis jovens que continuam desaparecidos desde o tiroteio.
 
Muitos tentaram fugir a nado, mas nem todos sobreviveram. Os que conseguiram escapar garantem ter ouvido tiros em diferentes direções.
A polícia não exclui, por isso, que existam outras pessoas envolvidas nos ataques.
 
O primeiro-ministro já expressou as condolências às famílias das vítimas e agradeceu as mensagens de apoio que chegaram de vários países. Entre eles Portugal.
 
A atuação tardia da polícia norueguesa começa a ser questionada. A braços com um ataque na capital, demorou duas horas para chegar à ilha onde foram abatidos dezenas de adolescentes.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Acidente: dois estrangeiros entre as vítimas mortais na China