Última hora

Última hora

Copa América: Nada será como antes

Em leitura:

Copa América: Nada será como antes

Tamanho do texto Aa Aa

O triunfo categórico do Uruguai tornou este pequeno país de pouco mais de três milhões de habitantes na equipa de maior sucesso na Copa América. Ainda assim o treinador Óscar Tabárez não se deixou levar por euforias, mostrando ter os pés bem assentes no chão.

Para o técnico uruguaio a sua equipa conseguiu “um feito histórico” que não lhes permite voltar ao que eram antes, pelo que precisam de escolher com muito cuidado o caminho a seguir por forma a não perderem o estatuto alcançado.

O êxito charrúa não teria sido possível sem Luis Suarez, eleito o melhor jogador da final e da competição. O técnico paraguaio Gerardo Martino não encontrou forma de parar o atacante do Liverpool desculpando-se com o cansaço dos seus jogadores, que os impediu de mostrarem o verdadeiro Paraguai.

Também para Forlán a vitória teve um gosto especial. O sucesso corre na família, com o atacante a repetir um triunfo já conseguido pelo pai e pelo avô.

Bruno Sousa