Última hora

Última hora

Somália: Programa Alimentar Mundial deve iniciar ponte aéra até quarta-feira

Em leitura:

Somália: Programa Alimentar Mundial deve iniciar ponte aéra até quarta-feira

Tamanho do texto Aa Aa

Vítimas de carestia e da seca que atinge o Corno de África, milhares de pessoas partem em direção à capital da Somália, em busca de apoio.

Até esta quarta-feira o Programa Alimentar Mundial conta iniciar uma ponte aérea para enviar ajuda para Mogadíscio.

O avião vai transportar 14 toneladas de alimentos altamente nutritivos, utilizados nos tratamentos contra a desnutrição infantil.

“Estamos famintos e com sede. Várias crianças morreram no caminho para cá. Tivemos de deixá-las na berma da estrada”, lamenta Ibrahim Abdiyow, um refugiado.

Nos próximos dias estão previstos mais voos para Mogadíscio e para as cidades etíope de Dolo e queniana de Wajir, junto à fronteira com a Somália.

A seca no Corno de África ameaça já 12 milhões de pessoas em vários países, mas sobretudo na Somália, onde foi declarado o estado de fome em duas regiões do sul. Aqui, 3,7 milhões de pessoas estão em risco de morrer à fome.

Grande parte do país é controlado pelas milícias islamitas Al-Shabab, que acusaram as organizações humanitárias de terem um vínculo político e por isso interditam a passagem nos territórios que controlam.