Última hora

Última hora

Tensão junto à fronteira entre o Kosovo e a Sérvia

Em leitura:

Tensão junto à fronteira entre o Kosovo e a Sérvia

Tamanho do texto Aa Aa

A decisão do governo do Kosovo de decretar um embargo aos produtos sérvios, reacende a tensão junto à fronteira dos dois países.

Pelo menos um polícia kosovar ficou ferido, na sequência de confrontos com a minoria sérvia que vive no norte do território.

Os populares bloquearam o acesso a um posto fronteiriço, depois deste ter sido ocupado durante algumas horas pelas forças especiais kosovares.

Para o negociador sérvio para o Kosovo,

Borko Stefanovic, “os sérvios concentrados nas barricadas não vão arredar pé enquanto as forças especiais kosovares não retirarem, enquanto a situação não for resolvida”.

Na base dos confrontos está o controlo do posto fronteiriço de Brnjak que tinha sido ocupado ontem à noite pelas forças especiais kosovares, com o objetivo de impor o embargo aos produtos sérvios.

A tensão obrigou à intervenção das forças da NATO que conseguiram chegar a um acordo temporário entre as duas partes, com a retirada das forças especiais.

A população servo-kosovar promete agora manter o bloqueio para impedir o acesso das forças kosovares à fronteira.

O mesmo posto fronteiriço é palco de tensões entre as duas comunidades desde a declaração de independência do Kosovo em 2008.

A missão civil da UE no território, Eulex, desmentiu hoje as acusações de Belgrado de que teria apoiado a intervenção das forças especiais kosovares.

Bruxelas apelou às duas partes a regressarem à mesa das negociações para discutirem a situação, num momento em que Belgrado continua a não reconhecer a independência da antiga província sérvia.