Última hora

Última hora

Chuvas fortes na Coreia do Sul arrastam minas anti-pessoais

Em leitura:

Chuvas fortes na Coreia do Sul arrastam minas anti-pessoais

Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Sul encontra-se sob um verdadeiro dilúvio, desde o início da semana, que já provocou mais de 60 mortos.

As chuvas torrenciais mais intensas do último século no país, inundaram várias artérias da capital, provocando dezenas de deslizamentos de terras.

As águas atingem até meio-metro de altura em alguns bairros de Seul, interrompendo a circulação ferroviária e rodoviária, assim como o fornecimento elétrico.

As torrentes de lama que varreram terrenos inteiros nos arredores da capital, atingiram também zonas militares a norte e a sul de Seul.

As forças armadas emitiram um alerta para o desaparecimento de uma dezena de minas anti-pessoais datadas da guerra dos anos cinquenta.

O mau tempo afeta também o outro lado da fronteira, na Coreia do Norte, embora as autoridades não tenham assinalado quaisquer danos ou vítimas.