Última hora

Última hora

Conselho de Segurança da ONU discute tensão fronteiriça no Kosovo

Em leitura:

Conselho de Segurança da ONU discute tensão fronteiriça no Kosovo

Tamanho do texto Aa Aa

As forças da NATO no Kosovo assumiram o controlo dos dois postos fronteiriços no norte do país, que desde segunda-feira estão no centro de um novo diferendo com a Sérvia.

A tensão fronteiriça, condenada pela União Europeia, vai ser debatida hoje numa reunião do Conselho de Segurança da ONU em Nova Iorque.

Os soldados da Kfor fecharam o acesso ao norte do país, na cidade de Mitrovica, como medida de segurança.

Um habitante albano-kosovar, afirma, que, “o Kosovo não pode continuar à espera que a comunidade internacional resolva os problemas com os sérvios, é altura de tomarmos a iniciativa”.

Belgrado acusa Pristina de ter reacendido a tensão ao ocupar na segunda-feira dois postos fronteiriços em território servo-kosovar, pela primeira vez desde a declaração de independência em 2008.

Em resposta, os populares servo-kosovares bloquearam o acesso às fronteiras.

Ontem à noite grupos de jovens incendiaram o posto fronteiriço de Jarinje, obrigando os militares da NATO e a polícia europeia a retirar à pressa do local.

A NATO e a UE negoceiam nas últimas horas uma solução duradoura para tentar acalmar a tensão entre as duas comunidades