Última hora

Última hora

O impacto de um "default" dos EUA na população

Em leitura:

O impacto de um "default" dos EUA na população

Tamanho do texto Aa Aa

Se houver um incumprimento dos Estados Unidos, todas as camadas da população serão atingidas.

O Tesouro norte-americano avisou que ficará sem dinheiro para pagar as contas no próximo dia 2, data limite para um acordo sobre o aumento do limite da dívida. Teme-se que a Segurança Social deixe de honrar os compromissos. Teme-se uma subida das taxas de juro. Teme-se um corte draconiano nos serviços governamentais.

As maiores fatias do orçamento federal destinam-se à Defesa (24%), Saúde (23%) e Pensões (21%).

Um possível default dos Estados Unidos também preocupa os mercados, como explica Robert Howe da Geomatrix. “Não me parece que as pessoas pensem que vai ser uma cascata, como com o Lehman Brothers, mas isso certamente preocupa os mercados. Na Ásia, há um sentimento de que isto é uma espécie de confirmação, que é uma viragem de uma década americana para uma década asiática”, sublinha.

Os programas de saúde Medicare e Medicaid também podem ser afetados. Os hospitais sem fins lucrativos podem deixar de ser reembolsados pelos serviços prestados aos utentes.

Os empréstimos federais a estudantes são feitos pelo Governo. O plano de redução do défice, que deve cortar nas despesas com a educação, pode ter um grande impacto no crédito aos estudantes.