Última hora

Última hora

Breivik tinha outros planos

Em leitura:

Breivik tinha outros planos

Tamanho do texto Aa Aa

Anders Behring Breivik tinha outros atentados planeados. Quem o diz é o próprio advogado do autor confesso do duplo massacre do dia 22 na Noruega. Segundo o advogado, Breivik tinha planeado vários cenários diferentes para a sexta-feira fatídica.

A justiça norueguesa está a fazer um segundo interrogatório, depois daquele que se seguiu imediatamente ao massacre: “O primeiro interrogatório era para ele se exprimir livremente, o mais possível. No próximo, que vai ser na próxima semana, vamos confrontá-lo com várias questões”, explica Paal-Fredrick Hjort Kraby, da polícia norueguesa.

Uma das questões mais importantes para a justiça é perceber o estado de saúde mental de Breivik. Para isso, o tribunal apontou já dois psiquiatras que o vão examinar.

Para perceber melhor este aspeto da investigação, a euronews falou com a psiquiatra Nathalie Prieto, perita junto dos tribunais de Lyon: “Pelo que foi noticiado dos factos, não me parece que ele sofra de uma patologia mental, no sentido psiquiátrico do termo, que justifique uma irresponsabilidade penal. Na verdade, há uma adesão em massa a uma ideologia que ele próprio construiu, que é extremamente rígida e apaixonada”.

A polícia volta a interrogar Breivik na próxima semana. Até lá, continuam as buscas na quinta, perto de Oslo, onde foi fabricada, a partir de fertilizantes agrícolas, a bomba que explodiu no centro da capital antes do atentado de Utoeya.