Última hora

Última hora

Segurança dos brinquedos

Em leitura:

Segurança dos brinquedos

Tamanho do texto Aa Aa

Questão de Laure, 10 anos :

“- O meu nome é Laure, tenho 10 anos e, quando era mais pequena, a mamã repetia que a segurança dos brinquedos era muito importante. Mas um brinquedo pode mesmo ser perigoso?

Resposta de Sylvia Maurer, Responsável pela Segurança e Ambiente no setor europeu das uniões de consumidores, BEUC :

“- Sim, os brinquedos podem ser perigosos para as crianças. ´Sabemos que há vários problemas com pequenas partes que se soltam dos brinquedos e causam ou podem causar asfixia às crianças.

Mas também há brinquedos muito barulhentos para as crianças, e mesmo com químicos, por isso precisamos incrementar a segurança dos brinquedos. “

No dia 20 de Julho, as novas regras da União Europeia para a proteção dos brinquedos passaram a estar em vigor nos 27 Estados membros.

“É uma boa notícia para os consumidores porque a velha diretiva datava de 1988 e era completamente inadaptada e ineficaz para fazer face aos novos desafios colocados pelos brinquedos atuais em questões de saúde e ambiente.

Há um par de medidas muito inovadoras: por exemplo, as autoridades dos Estados membros têm mais competências e poderes para procederem à segurança deste mercado.

Pensamos que, atualmente, as disposições sobre os químicos ainda não são suficientemente fortes. Não são apenas as fragâncias que causam alergias que devem ser banidas. É que os brinquedos ainda podem conter uma série de químicos que podem ter efeitos negativos no sistema hormonal das crianças, o que é matéria de preocupação por as crianças estarem em fase de desenvolvimento. Por isso temos de nos assegurar que protegemos os grupos mais vulneráveis.

Neste sentido, a Comissão Europeia deve rever as disposições sobre uso de químicos e torná-las mais fortes”.

“Se também deseja colocar uma questao, faça-o através do nosso site (euronews.net/u-talk).”