Última hora

Última hora

EUA: Senado aprova acordo para aumentar endividamento

Em leitura:

EUA: Senado aprova acordo para aumentar endividamento

Tamanho do texto Aa Aa

O Senado norte-americano deu luz verde ao acordo que prevê o aumento do teto da dívida pública, por 74 votos a favor e 26 contra.

A adoção do texto ocorreu a algumas horas do limite apontado pelo Tesouro para evitar a entrada em incumprimento da maior economia global e um dia depois da Câmara dos Representantes ter validado o texto.

Um acordo arrancado a ferros, mas que não satisfaz totalmente Barack Obama. “Este compromisso exige que ambas as partes trabalhem juntas num plano mais abrangente para reduzir o défice, o que é importante para a saúde a longo prazo da nossa economia. E como não se pode combater o défice apenas com cortes na despesa, é precisa uma abordagem equilibrada, com tudo em cima da mesa”.

O acordo prevê um aumento do teto de endividamento de entre 2,1 a 2,4 biliões de dólares, através do corte da despesa, mas sem aumento de impostos, como desejava Barack Obama. A dívida pública norte-americana tinha atingido os 14,3 biliões de dólares em maio.