Última hora

Última hora

Líbia: Filho de Khadafi diz que a luta armada vai continuar

Em leitura:

Líbia: Filho de Khadafi diz que a luta armada vai continuar

Tamanho do texto Aa Aa

Os confrontos entre os apoiantes do regime líbio e os insurgentes vão continuar, pelo menos no que depender de Saif al-Islam, filho do general Muammar Khadafi.

Imagens divulgadas recentemente pela televisão estatal líbia mostram al-Islam a discursar perante várias famílias deslocadas de Bengasi, o bastião dos rebeldes.

Um discurso inflamado, mas acolhido com uma ovação.

“Ninguém devia pensar que vamos parar de lutar, depois de todos os sacrifícios que fizémos e depois do martírio que os nossos filhos, irmãos e amigos atravessaram. Esqueçam. Independentemente do que a NATO deixar ou não, a luta vai continuar até que toda a Libia esteja livre”, disse Saif al-Islam.

A difusão destas imagens surge na sequência das tentativas recentes de isolar a liderança líbia. No mês passado, os rebeldes acolheram uma oferta da União Africana para encetar conversações com o Governo, mas sem o envolvimento de Khadafi.

O secretário britânico da Defesa, Liam Fox, admitiu que os esforços militares por si só não bastam para derrubar o general, dizendo que a melhor maneira de o fazer é através de um golpe.