Última hora

Última hora

Número de desempregados volta a cair em Espanha

Em leitura:

Número de desempregados volta a cair em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego recuou em Espanha pelo quarto mês consecutivo, influenciado pelo turismo estival. O número de desempregados caiu cerca de 1% em julho, em relação ao mês anterior. Mesmo assim, mais de 4 milhões de pessoas continuam a não ter trabalho.

Os juros da dívida de Espanha e Itália bateram recordes esta terça-feira. As taxas a dez anos aproximaram-se da barreira psicológica dos 6,5%, facto que levou o primeiro-ministro espanhol a adiar as férias. Entretanto, os juros começaram a baixar, devido a rumores de que a China está interessada em comprar dívida espanhola.

“Não há nada nas economias espanhola ou italiana que faça prever, nesta altura, que os países vão necessitar de um resgate. Não vão. Não temos nenhuma razão para acreditar nisso agora”, explica o analista Miguel Murado.

Bruxelas garantiu, esta terça-feira, que a União Europeia não tem em cima da mesa qualquer plano de resgate a Espanha, Itália ou Chipre, países que estão a ser muito pressionados pelos mercados e pelas agências de rating.